Já faz 4 anos que eu viajei para a cidade de Sapporo, Hokkaido, e como na época eu não tinha o blog, não cheguei a divulgar esse café orgânico delicioso!

Em fevereiro de 2013, fui conhecer a maravilhosa cidade de Sapporo, localizada na província de Hokkaido, no extremo norte do Japão, a província mais fria e que mais neva no inverno de todo o país.
Na verdade, eu fui mais para conhecer o festival de gelo que acontece todo ano em fevereiro, o ‘Yuki Matsuri’ (雪祭り), onde vários artistas fazem esculturas maravilhosas no gelo, desde obras pequenas, até obras gigantescas.
Eu adorei a cidade, mas como eu odeio o inverno, passei um pouco de perrengue lá porque por mais que eu vestia várias roupas quentes, mesmo assim eu saia na rua e estava tremendo de frio, realmente, o inverno não é para mim.
Não deu tempo de conhecer a cidade toda porque passei poucos dias lá, um dia ainda quero voltar na primavera pois sei que é lindo e acredito que poderei passear melhor e sem ter o problema de passar frio! haha
Quando eu viajo procuro ficar em albergue (guest house – ゲストハウス) ou em internet café (インターネットカフェ) por ser mais em conta, quando fui para Hokkaido fiquei em três albergues diferentes, era para ter ficado somente em dois, mas como aconteceu um imprevisto durante a viagem, tive que ficar em mais um, mas os três eu paguei super barato a estadia por dia.
O primeiro que eu fiquei eu gostei bastante, se chama ‘Jimmys Backpackers’ e fica em Sapporo mesmo, porém, os quartos eram misturados, mas eu não tive problema nenhum. Já os outros dois eram quartos separados, era mais uma pensão mesmo, mas no estilo oriental. Não gostei muito, mas era o que tinha disponível no momento, por isso acabei ficando neles (deixarei as fotos dos locais abaixo).
Antes de postar as fotos do restaurante, vou postar aqui algumas fotos de Hokkaido para quem um dia pensa em passear lá. Além do festival de gelo, também fui para a cidade de Kushiro, onde tem o santuário dos ‘tsurus’ (garça), não me lembro quantos kms foram, mas me lembro que demorei para chegar pois o tempo estava muito ruim por causa da neve e também as estradas estavam escorregadias, então todo mundo andava com cautela. Apesar da distância, vale muito a pena para quem aprecia essas aves super raras 🙂

Escultura do festival de gelo (Yuki Matsuri – 雪祭り)

Escultura do festival de gelo (Yuki Matsuri – 雪祭り)

Escultura do festival de gelo (Yuki Matsuri – 雪祭り)

Escultura do festival de gelo (Yuki Matsuri – 雪祭り)

Boneco de neve que tinha numa parada da estrada para Kushiro

Estrada para Kushiro

Santuário dos tsurus

Tem bondinho na cidade

Torre de Sapporo, dá para subir nele, mas precisa pagar, não me recordo o valor

Um dos “guest house” que eu fiquei, mais parecia uma pensão, não gostei muito, mas era em conta

O primeiro guest house que eu fiquei em Hokkaido e o que eu mais gostei





              Outro “guest house” que eu fiquei, também parecia mais uma pensão do que albergue, mas era em conta

Abaixo segue as fotos dos pratos que eu pedi no restaurante Aoi Sora Organic Cafe de Sapporo, se procurar no aplicativo ou no próprio site da ‘Happy Cow’, aparece ele também 😉



Tudo estava muito gostoso e os sets de refeição pelo que eu me lembre, não eram caros, custaram em torno de 1.000円, preço médio das refeições, e vamos levar em consideração também, que tudo era orgânico e macrobiótico 🙂

Dei uma olhada no aplicativo do ‘Happy Cow’ e parece que tem outros restaurantes veganos e vegan-friendly em Hokkaido também, me lembro que em 2012 só tinha esse aí que eu fui.

Não sei agora, mas na época que eu fui achei bem precário comer na rua sendo vegana, me lembro que eu comprava muita coisa na loja de conveniência (konbini) porque na rua mesmo não tinha opções para mim, mas acredito que hoje em dia (2017), esteja melhor. Caso alguém tenha ido recentemente e queira compartilhar a sua experiência como vegan lá em Hokkaido, por gentileza, poste nos comentários aqui do blog, vou (vamos!) adorar ler a sua experiência lá também 😀

Qualquer dúvida, por favor, deixe nos comentários que irei responder todos vocês! 

Vegana, principiante de yoga, valorizo as coisas simples da vida.
Tutora de três gatas adotadas, mas só a Momo chan que é a minha parceirona.
Amor é a minha religião, e é com amor que pretendo mudar o mundo, para um mundo mais justo e compassivo para com todos os seres habitantes deste planeta.

Translate »
Free Divi WordPress Theme, Find new Free Android Games at dlandroid24.com